segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Incêndio na garagem da Falcão Real em Jacobina gera prejuízo de R$ 18 milhões

Fotos: Jacobina Notícia
Após o incêndio criminoso ocorrido durante a madrugada de domingo (6), na garagem da empresa de transportes Falcão Real/São Luiz, em Jacobina, os prejuízos são contabilizados e o cenário é de muita destruição. Um vigilante que estava de plantão contou que, por volta das 2h, foi rendido e amarrado por homens armados que estavam a bordo de dois carros. Em seguida, eles atearam fogo em pelo menos 18 ônibus.

Dois motoristas que estavam descansando no alojamento da garagem também foram retirados e rendidos antes do incêndio começar. Uma motocicleta, que seria do vigilante, acabou sendo incendiada junto com os ônibus. A ação foi rápida, conforme disseram moradores, e deixou a vizinhança assustada. Várias explosões foram ouvidas enquanto os veículos eram consumidos pelo fogo. “Eu já acorde foi assustada, pensando que era barragem. Deus nos livre de todo mau”, disse uma moradora ao Jacobina Notícias.

Conforme a Polícia Militar, após atear fogo na garagem de Jacobina, o grupo seguiu para a BA-131, sentido Miguel Calmon, onde tentou incendiar outro ônibus da empresa. Segundo Valdir Brito, diretor da Falcão Real, os veículos queimados representam 12% de toda a frota da empresa, e o prejuízo estimado é de R$ 18 milhões. Ninguém ficou ferido nas duas ações.

A Polícia Civil vai investigar o caso.
Obs: como existem números divergentes da quantidade de ônibus, o Calila Notícias manteve a quantidade divulgada inicialmente, 15. Há informações de 18 e até 22 ônibus queimados.

Fonte: Calila Notícias - As informações são do site Jacobina Notícia

Sem comentários:

Publicar um comentário